Admiro muito mesmo quem assim trabalha!

Há imensas profissões que eu admiro por aquilo que exigem das pessoas, se bem que todas, absolutamente todas sejam necessárias. Admiro muito os professores e os educadores, por exemplo.
No entanto, se há pessoas que eu admiro são aquelas pessoas que trabalham durante a noite (como os padeiros, os polícias, os médicos, enfermeiros e afins). Mas, dentro deste grupo de pessoas, ainda admiro mais quem trabalham turnos com noites incluídas. Acho terrível a variação dos horários.  Está comprovado que, quem trabalha em turnos nocturnos ou rotativos, com noite incluída, é mais propenso a ter ataques cardíacos e alterações hormonais.Também acho horrível, como acontece com o papá das Minis, quem tem de trabalhar 24 horas seguidas. É terrível.
Eu já assim tenho imensas dificuldades em dormir. Se tivesse horários rotativos ficava louca.
Aqui deixo a minha homenagem a todos os que sempre, ou às vezes, têm de prescindir do horário normal do sono.


15 comentários

  1. É um facto, tens toda a razão. De facto, quem trabalhar por turnos tem de ter uma enorme capacidade de adaptação a ritmos constantemente alterados! E trabalhar 24 horas seguidas devia ser proibido por lei!

    ResponderEliminar
  2. Faço das tuas as minhas palavras.

    Beijinhos de boa noite

    ResponderEliminar
  3. Em tempos trabalhei numa fábrica de cortiça em turnos rotativos. Com o tempo o organismo habitua-se. Eu nunca dormi muito, quando durmo mais de cinco horas ando todo o dia com uma dor de cabeça horrorosa.
    Abraço e uma boa semana

    ResponderEliminar
  4. Também eu já trabalhei por turnos e acredita, que se habituamos, até porque não há outro remédio, é um trabalho como outro.
    Beijinho

    ResponderEliminar
  5. Realmente admiro também essas pessoas, eu ficava toda trocada e não sei se me habituava... tenho imensa dificuldade em dormir à luz do dia.

    ResponderEliminar
  6. Muito complicado esse tipo de trabalho por turnos.
    Um dos meus cunhados que o diga.
    Boa semana

    ResponderEliminar
  7. Podes crer eu também admiro imenso essas pessoas, sinto-me muito feliz por ter um horário fixo diurno.

    ResponderEliminar
  8. Não há-de ser fácil, não! O meu cunhado trabalha em turnos rotativos há anos! Não sei como ele aguenta!

    ResponderEliminar
  9. Não deve ser mesmo nada fácil...

    amarcadamarta.blogspot.pt

    ResponderEliminar
  10. Concordo perfeitamente que seja muito difícil e, nada saudável, aguentar um horário de trabalho nocturno e ainda mais se for variável(não fixo)! ... e calculo que pior ainda quando o sentimos na pele ! :(( ... Ainda acho preferível as 24 horas seguidas, porque depois virá o descanso ! (?)
    :)

    ResponderEliminar
  11. Aqui há uns meses fiz uma viagem de táxi de meia dúzia de quilómetros e o taxista dizia-me que estava todo trocado porque faz turnos de noite e nessa semana estava a fazer de dia (porque era a única semana do ano em que o fazia, questões de saúde ligadas ao pai). Preferia trabalhar de noite do que de dia e por ele nunca o faria. Para mim também seria complicado mas as pessoas acabam por se habituar (e em alguns casos até preferir).
    Cisca

    ResponderEliminar
  12. O trabalho deveria dignificar e ser coisa boa, mas na maioria das vezes é obrigação.

    Beijo

    ResponderEliminar